Guarujá pode ter curso de Medicina no próximo ano

O vestibular que oferecerá 60 vagas está previsto para ocorrer até março

Sinal verde para transformar Guarujá em centro de formação de médicos: a Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), selecionada pelo Governo Federal para ofertar cursos na Cidade, tem planos para iniciar suas atividades no próximo ano. O vestibular para selecionar os 60 alunos deve ocorrer em até quatro meses.  A informação foi confirmada pelo prefeito Válter Suman (PSB) e também pela instituição de Ensino Superior. “Estamos fazendo a ponte para que seja implantada a Faculdade de Medicina em Guarujá, cujo vestibular está previsto para acontecer no primeiro ou segundo mês de 2018”, assegura o chefe do Executivo.  A maior oferta de vagas da graduação é uma das estratégias para a melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Trata-se de uma etapa complementar do programa federal Mais Médicos, que tem por missão ampliar o número de profissionais da Saúde no País.  “Cubatão também foi selecionada para a formação de futuros médicos. “São 60 alunos que iniciarão suas atividades. Vai ser um grande ganho para a saúde de Guarujá”, acrescenta Suman.  De acordo com o prefeito, as aulas serão realizadas no Hospital Santo Amaro. “Os dois ou três primeiros anos, a faculdade vai ter suas atividades dentro no hospital, que passa por reforma (para abrigar a instituição de ensino). As obras estão ocorrendo em ritmo acelerado”.  Após esse prazo, a formação vai para a sede própria da instituição, num terreno de quase 20 mil metros quadrados, na Praia da Enseada. O projeto está em fase final de elaboração.  Em nota, a Unoeste sustenta aguardar a visita ainda nesse mês do Ministério da Educação (MEC) para autorização do curso e de credenciamento do campus fora de sede. “Após essa etapa, a universidade deve aguardar a publicação do resultado no Diário Oficial da União (DOU) para, então, ser divulgada uma data para o processo seletivo, bem como contratação das equipes administrativa e docente”. Considerada a maior universidade do oeste paulista, a Unoeste iniciou no Ensino Superior em 1972. Quinze anos depois, foi credenciada pelo MEC como universidade, ocasião que também marcou o princípio de sua trajetória no ensino médico. Fonte: A Tribuna

 

 



Jornalista, Escritor, Contabilista, Teólogo, Assessor Político, Acadêmico de Direito. Autor da Trilogia Zona Neutra, Destino Cruzado, Querer é Poder, e outros. Editor de jornais e revistas; ousado, criativo, determinado, uma pessoa que acredita em Deus, nas pessoas de bem e na força do trabalho. Esse sou eu. Cesar AA Lima.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *