Ex-governador de Alagoas é alvo de operação da Polícia Federal

CORRUPÇÃO – A Polícia Federal (PF) realiza na manhã de hoje (30), a operação Caribdis e cumpre 11 mandados de busca e apreensão em Maceió e Região Metropolitana, além de Salvador (BA), Limeira (SP) e Brasília.

Segundo as investigações da PF, são investigados fraudes nas obras do Canal do Sertão, licitados pelo governo de Alagoas nos anos de 2009 e 2014.
De acordo com os policiais, estão envolvidos o ex-governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) e o ex-secretário de Infraestrutura do Estado, Marco Fireman, e representantes das empreiteiras Odebrecht e OAS, suspeitas de participar do esquema. Segundo a PF, também há funcionários de a órgãos públicos.
Os mandatos foram cumpridos na do ex-governador, em Maceió, no bairro da Ponta Verde, e do ex-secretário Marco Fireman, no condomínio Laguna, em Marechal Deodoro. Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Federal de Alagoas.   Além disso, também foram feitas buscas no gabinete do secretário Marco Fireman no Ministério da Saúde. O objetivo da operação é complementar provas colhidas para o inquérito policial que apura suposta prática dos crimes de fraude em licitação, desvio de verbas públicas (peculato), corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa – todos relacionados à obra do Canal do Sertão. fonte: Santaportal




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *