Brasil é afetado por fuga de cérebros

Brasil é afetado por fuga de cérebros. A falta de insumos, equipamentos e incentivos públicos à pesquisa científica no país está gerando uma “fuga de cérebros” no Brasil, segundo o físico Luiz Davidovich, presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), em entrevista ao jornal “Valor Econômico”, cada vez mais doutores têm abandonado seus cargos no país para trabalhar em países como Austrália, Holanda e Portugal, devido à queda nos repasses a universidades federais. Segundo Davidovich, as verbas têm sofrido quedas sucessivas desde 2010 e sofreram seu corte mais duro em 2019, quando houve contingenciamento de 30% no Ministério da Educação e 42% na pasta de Ciência e Tecnologia.

Qual a sua opinião? Participe da conversa nos comentários abaixo.

Share This:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *